PROVÉRBIOS DE SALOMÃO

"O filho sábio é a alegria do seu pai, mas o filho sem juízo é a tristeza da sua mãe.
Aquilo que se consegue com desonestidade não serve de nada, mas a honestidade livra da morte.
O Deus Eterno não deixa que os bons passem fome, mas impede os maus de conseguirem o que tanto querem.
Quem tem juízo colhe no tempo certo, mas quem dorme na época da colheita passa vergonha.
Os bons serão lembrados como uma bênção, porém os maus logo serão esquecidos.
Quem tem juízo aceita os bons conselhos; quem não tem cuidado com o que diz acaba na desgraça.
A pessoa honesta anda em paz e segurança, mas a desonesta será desmascarada.
O ódio provoca brigas, mas o amor perdoa todas as ofensas.
Aquele que aceita ser repreendido anda no caminho da vida, mas quem não aceita cai no erro. Com as suas palavras, o mentiroso esconde o seu ódio; quem espalha mexericos não tem juízo. Quanto mais você fala, mais perto está de pecar; se você é sábio, controle a sua língua.
As palavras dos bons fazem bem a muita gente, mas a falta de juízo leva à morte.
A bênção do Deus Eterno traz prosperidade, e nenhum esforço pode substituí-la.
Quando o mau tem medo de alguma coisa, é isso mesmo o que lhe acontece, mas a pessoa direita consegue o que deseja.
Quem teme ao Deus Eterno tem vida longa, porém os maus morrem antes do tempo.
O Eterno protege os bons, mas causa a desgraça dos que fazem o mal.
Os homens direitos sabem dizer coisas agradáveis, porém os maus estão sempre ofendendo os outros."
(PROVÉRBIOS 10 v. 1,2,3,5,7,8,9,12,17,19,21,22,24,27,29,32)

"O Deus Eterno detesta quem usa balanças desonestas, mas gosta de quem usa pesos justos.
O orgulhoso será logo humilhado; mas com os humildes está a sabedoria.
As pessoas direitas são guiadas pela honestidade. A perversidade dos falsos é a sua própria desgraça.
No Dia do Julgamento, as riquezas não adiantam nada, mas a honestidade livra da morte.
A honestidade livra o homem correto, mas o desonesto é apanhado na armadilha da sua própria ganância.
As palavras dos maus destroem os outros, mas a sabedoria livra do perigo os homens corretos.
É tolice tratar os outros com desprezo; o homem prudente prefere ficar calado.
O mexeriqueiro espalha segredos, mas a pessoa séria é discreta.
Quem ficar como fiador de qualquer um acabará chorando. Será melhor não se comprometer.
A mulher bondosa é estimada, mas a imoral é uma vergonha. O preguiçoso nunca terá dinheiro, mas quem tem iniciativa acaba ficando rico.
Quem age com bondade faz bem a si mesmo, e quem pratica a maldade acaba se prejudicando.
Os maus não ganham nada com a sua maldade, mas quem faz o que é direito na certa será recompensado.
Quem está resolvido a agir direito viverá, e quem insiste em fazer o mal morrerá.
O Deus Eterno detesta quem tem coração perverso, mas se alegra com as pessoas corretas.
Os maus certamente serão castigados por Deus, mas os bons escaparão do castigo.
A beleza na mulher sem juízo é como uma jóia de ouro no focinho de um porco.
Os planos dos bons trazem felicidade; o que os maus planejam produz ódio.
Algumas pessoas gastam com generosidade e ficam cada vez mais ricas; outras são econômicas demais e acabam ficando cada vez mais pobres.
Quem é generoso progride na vida; quem ajuda será ajudado.
O comerciante que armazena mantimento, esperando preço mais alto, é amaldiçoado pelo povo; mas o que põe à venda o que tem é estimado por todos.
Quem procura o bem é respeitado, mas quem busca o mal será vítima do mal.
Aquele que confia nas suas riquezas cairá, porém os honestos prosperarão como as folhagens.
Quem dirige mal a sua casa acaba sem nada. Quem não tem juízo será sempre escravo de quem é sábio.
Uma pessoa correta traz bênçãos para a vida dos outros; quem aumenta o número de amigos é sábio.
Assim como os bons são recompensados aqui na terra, também os pecadores e os maus são castigados."
(PROVÉRBIOS 11 v. 1,2,3,4,5,6,9,12,13,15,16,17,18,19,21,23,24,25,26,27,29,30,31)

"Aquele que quer aprender gosta que lhe digam quando está errado; só o tolo não gosta de ser corrigido.
A boa esposa é o orgulho do marido, mas a esposa que traz vergonha ao marido é como câncer nos ossos dele.
Quem é honesto trata todos com sinceridade, mas quem é mau vive enganando os outros.
Os maus são apanhados na armadilha das suas próprias palavras, mas os homens direitos conseguem sair das dificuldades.
Você será recompensado pelas coisas boas que disser e receberá de volta aquilo que fizer.
O tolo pensa que sempre está certo, mas os sábios aceitam conselhos.
Quando a verdade é dita, a justiça é feita; mas a mentira produz a injustiça.
As palavras do falador ferem como pontas de espada, mas as palavras do sábio podem curar.
A mentira tem vida curta, mas a verdade vive para sempre.
Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade.
Nada de ruim acontece com os homens honestos, porém os maus só encontram dificuldades.
O Deus Eterno detesta os mentirosos, porém ama os que dizem a verdade.
As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram."
(PROVÉRBIOS 12 v. 1,4,5,13,14,15,17,18,19,20,21,22,25)

"O filho sábio aceita os ensinamentos do pai, mas o que zomba de tudo nunca reconhece que está errado.
Quem toma cuidado com o que diz está protegendo a sua própria vida, mas quem fala demais destrói a si mesmo.
Os homens honestos odeiam a mentira, porém os maus dizem coisas indecentes e vergonhosas.
O rico tem de usar o seu dinheiro para pagar o resgate por sua vida, mas ninguém ameaça o pobre.
O orgulho só traz brigas; é mais sábio pedir conselhos.
A riqueza que é fácil de ganhar é fácil de perder; quanto mais difícil for para ganhar, mais você terá.
Quem despreza os bons conselhos acabará mal, mas quem os segue será recompensado.
Os ensinamentos das pessoas sábias são uma fonte de vida; eles ajudam a evitar as armadilhas da morte.
Quem tem juízo ganha o respeito de todos, mas quem não merece confiança está caminhando para a desgraça.
O homem sensato sempre pensa antes de agir, mas o tolo anuncia a sua ignorância.
Quem rejeita a correção acabará pobre e na desgraça, mas quem aceita a repreensão é respeitado.
Quem não castiga o filho não o ama. Quem ama o filho castiga-o enquanto é tempo."
(PROVÉRBIOS 13 v. 1,3,5,8,10,11,13,14,15,16,18,24)

"A mulher sábia constrói o seu lar, mas a que não tem juízo o destrói com as próprias mãos.
Quem é honesto mostra que teme o Deus Eterno, mas a pessoa que se desvia dos caminhos do Eterno o está desprezando.
A testemunha verdadeira não mente, mas a falsa diz muitas mentiras.
Afaste-se das pessoas sem juízo porque gente assim não tem nada para ensinar.
Os tolos pecam e não se importam, mas os bons querem ser perdoados.
Há caminhos que parecem certos, mas podem acabar levando para a morte.
Quem tem juízo toma cuidado a fim de não se meter em dificuldades, mas o tolo é descuidado e age sem pensar.
Quem se zanga facilmente faz coisas tolas, mas o sábio permanece calmo.
Os maus terão de respeitar os bons e pedir humildemente a sua ajuda.
Desprezar os outros é pecado, mas aquele que faz o bem aos pobres é feliz.
A testemunha que diz a verdade pode salvar vidas, mas a que diz mentiras é traidora.
No temor ao deus Eterno, o homem encontra um forte apoio e também segurança para a sua família.
O temor ao Eterno é uma fonte de vida e ajuda a evitar as armadilhas da morte.
A pessoa que se mantém calma é sábia, mas a que facilmente perde a calma mostra que não tem juízo.
A paz de espírito dá saúde ao corpo, mas a inveja destrói como câncer.
Quem persegue os pobres insulta a Deus, que os fez, mas quem é bom para eles honra a Deus."
(PROVÉRBIOS 14 v. 1,2,5,7,9,12,16,17,19,21,25,26,27,29,30,31)

"A resposta delicada acalma o furor, mas a palavra dura aumenta a raiva.
O Deus Eterno vê o que acontece em toda parte; ele está observando todos, tanto os bons como os maus.
Quem despreza o que o pai ensina é tolo, mas quem aceita a sua correção é sábio.
O Eterno detesta a maneira de viver dos maus, porém ama a quem faz o que é direito.
Quem abandona o caminho do bem será severamente castigado, e quem odeia ser corrigido morrerá.
Se o Eterno sabe o que acontece até mesmo no mundo dos mortos, como poderá alguém esconder Dele os seus pensamentos?
O homem vaidoso não gosta de quem o corrige; ele nunca pede conselhos aos sábios.
Todos os dias são difíceis para os que estão aflitos, mas a vida é sempre agradável para as pessoas que têm coração alegre.
É melhor ser pobre e temer ao Deus Eterno, do que ser rico e infeliz.
É melhor comer verduras na companhia de quem a gente ama do que comer a melhor carne onde existe ódio.
A pessoa de mau gênio sempre causa problemas, mas a que tem paciência traz a paz.
O filho sábio dá alegria ao seu pai, mas o filho sem juízo despreza a sua mãe.
Saber dar uma resposta é uma alegria; como é boa a palavra certa na hora certa!
Quem procura ficar rico por meios desonestos põe a sua família em dificuldades; quem odeia o suborno viverá mais.
As pessoas corretas pensam antes de responder; as pessoas más respondem logo, porém as suas palavras causam problemas.
O Eterno está longe dos maus, porém ouve a oração de quem é correto.
Quem teme ao Deus Eterno está aprendendo a ser sábio; quem é humilde é respeitado."
(PROVÉRBIOS 15 v. 1,3,5,9,10,11,12,15,16,17,18,20,23,27,28,29,33)

"Você pode pensar que tudo o que faz é certo, mas o Eterno julga as suas intenções.
Peça a Deus que abençoe os seus planos, e eles darão certo.
O Deus Eterno detesta todos os orgulhosos; eles não escaparão do castigo, de jeito nenhum.
Quem é bom e fiel recebe o perdão do seu pecado, e quem teme o Eterno escapa do mal.
Se a nossa maneira de viver agrada a Deus, ele transforma os nossos inimigos em amigos.
Ser honesto e ter pouco é melhor do que ter muito lucro com desonestidade.
A pessoa faz os seus planos, mas quem dirige a sua vida é Deus, o Senhor.
As pessoas honestas se desviam do caminho do mal; quem tem cuidado com a sua maneira de agir salva a sua vida.
O orgulho leva a pessoa à destruição, e a vaidade faz cair na desgraça.
É melhor ter um espírito humilde e estar junto com os pobres do que participar das riquezas dos orgulhosos.
Quem presta atenção no que lhe ensinam terá sucesso; quem confia no Eterno será feliz.
Quem tem coração sábio é conhecido como uma pessoa compreensiva; quanto mais agradáveis são as suas palavras, mais você consegue convencer os outros.
O homem sábio pensa antes de falar; por isso o que ele diz convence mais.
Os maus provocam discussões, e quem fala mal dos outros separa os maiores amigos.
O homem violento engana os seus amigos e os leva para o mau caminho.
Cuidado com quem sorri e pisca maliciosamente; essa pessoa está com más intenções.
Vale mais ter paciência do que ser valente; é melhor saber se controlar do que conquistar cidades inteiras."
(PROVÉRBIOS 16 v. 1,2,3,5,7,8,9,17,18,19,20,21,23,28,29,32)

"É melhor comer um pedaço de pão seco, tendo paz de espírito, do que ter um banquete numa casa cheia de brigas.
O ouro e a prata são provados pelo fogo, mas é o Deus Eterno quem mostra o que as pessoas realmente são.
Quem caçoa do pobre insulta a Deus, que o fez; quem se alegra com a desgraça dos outros será castigado.
Alguns pensam que, com dinheiro, podem comprar qualquer pessoa; acham que o suborno é uma coisa mágica.
Quem perdoa uma ofensa mostra que tem amor, mas quem fica lembrando o assunto estraga a amizade.
As pessoas revoltadas estão sempre criando problemas; por isso a morte virá para elas como um mensageiro cruel.
Quem paga o bem com o mal não afastará o mal da sua casa.
O começo de uma briga é como a primeira rachadura numa represa: é bom parar antes que a coisa piore.
Há duas coisas que o Deus Eterno detesta: que o inocente seja condenado e que o culpado seja declarado inocente.
O amigo ama sempre e na desgraça ele se torna um irmão.
Somente um tolo aceitaria ficar como fiador do seu vizinho.
Quem vive pensando e dizendo coisas más não pode esperar nada de bom, mas só a desgraça.
O pai de filhos sem juízo só tem tristezas e sofrimentos.
O filho sem juízo é tristeza para o seu pai e amargura para a sua mãe."
(PROVÉRBIOS 17 v. 1,3,5,8,9,11,13,14,15,17,18,20,21,25)

"O nome do Deus Eterno é como uma torre forte para onde as pessoas direitas vão e ficam em segurança.
O rico pensa que a sua riqueza o protege como as muralhas altas e fortes em volta de uma cidade.
A pessoa orgulhosa está a caminho da desgraça, mas a humilde é respeitada.
Quem responde antes de ouvir mostra que é tolo e passa vergonha.
A vontade de viver mantém a vida de um doente, mas, se ele desanima, não existe mais esperança.
Aquele que é o primeiro a fazer a sua defesa parece ter razão, mas só até que a outra pessoa comece a lhe fazer perguntas.
É mais difícil ganhar de novo a amizade de um amigo ofendido do que conquistar uma fortaleza; as discussões estragam as amizades.
Você terá de agüentar as conseqüências de tudo o que disser.
O que você diz pode salvar ou destruir uma vida; portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado.
O pobre pede licença para falar, mas o rico responde com grosseria.
Algumas amizades não duram nada, mas um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão."
(PROVÉRBIOS 18 v. 10,11,12,13,14,17,19,20,21,23,24)

"Agir sem pensar não é bom; quem se apressa erra o caminho.
A falta de juízo é o que faz a pessoa cair na desgraça; no entanto ela põe a culpa no Deus Eterno.
Um filho sem juízo pode levar o pai à desgraça. Uma esposa que vive resmungando é como água que pinga sem parar.
Um homem pode herdar dos seus pais casa e dinheiro, mas só Deus pode dar uma esposa sensata.
Quem obedece às leis de Deus vive mais; quem despreza os seus ensinamentos morrerá.
Ser bondoso com os pobres é emprestar ao Eterno, e Ele nos devolve o bem que fazemos.
Corrija os seus filhos enquanto eles têm idade para aprender; mas não os mate de pancadas.
Deixe que a pessoa de mau gênio sofra as conseqüências disso, pois, se você a ajudar uma vez, terá de ajudar de novo.
Ouça os conselhos e esteja pronto para aprender; assim, um dia você será sábio.
As pessoas fazem muitos planos, mas quem decide é o Deus Eterno.
Quem teme o Eterno terá uma vida longa, feliz e tranqüila.
Os orgulhosos devem ser castigados para que as pessoas simples aprendam uma lição de humildade; quem é sábio aprende quando é corrigido.
Quem maltrata o seu pai ou toca a sua mãe de casa não tem vergonha e não presta.
A testemunha de mau caráter zomba da justiça. Os maus têm fome de fazer o mal.
Mais cedo ou mais tarde quem zomba dos outros será julgado, e quem não tem juízo será castigado."
(PROVÉRBIOS 19 v. 2,3,13,14,16,17,18,19,20,21,23,25,26,28,29)

"Quem bebe demais fica barulhento e caçoa dos outros; o escravo da bebida nunca será sábio.
Todos dizem que são bons e fiéis, mas tente achar alguém que realmente seja!
Será que alguém pode dizer que tem a consciência limpa e que já se livrou dos seus pecados?
A criança mostra o que é pelo que faz; pelos seus atos a gente pode saber se ela é honesta e boa.
A comida que se consegue desonestamente pode ser muito gostosa, mas depois será como areia na boca.
Procure bons conselhos e você terá sucesso; não entre na batalha sem antes fazer planos.
O mexeriqueiro espalha os segredos; por isso fique longe de quem fala demais.
Se você amaldiçoar os seus pais, a sua vida terminará como uma lâmpada que se apaga na escuridão.
A riqueza que é ganha facilmente não faz bem à gente.
Não seja vingativo; confie no Deus Eterno, e Ele fará justiça a você.
Se é o Eterno quem dirige os nossos passos, como poderemos entender a nossa vida?
Pense bem antes de prometer alguma coisa a Deus, pois você poderá se arrepender depois.
O Deus Eterno deu aos seres humanos inteligência e consciência; ninguém pode se esconder de si mesmo.
Os castigos curam a maldade da gente e melhoram o nosso caráter. "
(PROVÉRBIOS 20 v. 1,6,9,11,17,18,19,20,21,24,25,27,30)

"Se você pensa que tudo o que faz é certo, lembre que o Eterno julga as suas intenções.
Faça o que é direito e justo, pois isso agrada mais a Deus do que lhe oferecer sacrifícios.
Os maus são dominados pelo orgulho e pela vaidade, e isso é pecado.
A riqueza que é ganha desonestamente acaba logo e é uma armadilha mortal.
Os maus são destruídos pela sua própria violência porque se negam a fazer o que é direito.
O culpado segue caminhos errados, mas o inocente faz o que é direito.
É melhor morar no fundo do quintal do que dentro de casa com uma mulher briguenta.
Deus, que é justo, observa os maus e os faz cair na desgraça.
Quem recusar ouvir o grito do pobre também gritará e não será ouvido.
Dê um presente em segredo a quem estiver zangado com você, e a raiva dele acabará.
É melhor morar no deserto do que com uma mulher que vive resmungando e se queixando.
Se você não quer se meter em dificuldades, tome cuidado com o que diz.
A sabedoria, a inteligência e o entendimento das pessoas não são nada na presença do Deus Eterno."
(PROVÉRBIOS 21 v. 2,3,4,6,7,8,9,12,13,14,19,23,30)

"Não existe diferença entre o rico e o pobre porque foi o Deus Eterno quem fez os dois.
Quem teme o Eterno e é humilde consegue riqueza, prestígio e vida longa.
No caminho dos maus existem armadilhas e dificuldades; quem dá valor à vida se afasta deles.
Eduque a criança no caminho em que deve andar, e até o fim da vida não se desviará dele.
Quem semeia a maldade colhe a desgraça e será castigado pelo seu próprio ódio.
Quem é bondoso será abençoado porque reparte a sua comida com os pobres.
Mande embora a pessoa orgulhosa, e acabarão os desentendimentos, as discussões e os xingamentos.
O Deus Eterno está alerta para defender a verdade e atrapalhar os planos dos mentirosos.
O adultério é uma armadilha onde caem as pessoas que o Eterno detesta.
É natural que as crianças façam tolices, mas a correção as ensinará a se comportarem."
(PROVÉRBIOS 22 v. 2,4,5,6,9,10,12,14,15)

PROVÉRBIOS DOS SÁBIOS

"Preste atenção, e eu lhe ensinarei o que os sábios disseram. Estude os seus ensinamentos, e será um prazer para você lembrar deles e recitá-los. Vou lhe ensinar agora estes provérbios para que você ponha a sua confiança em Deus. Tomei nota de trinta provérbios para você. Eles contêm conhecimentos e bons conselhos, que o ajudarão a saber o que é certo e direito. E assim, quando lhe fizerem perguntas, você saberá dar a resposta certa.

Não tire vantagem do pobre só porque ele é pobre, nem se aproveite daqueles que não tiverem quem os defenda no tribunal. Pois o Eterno defenderá a causa deles e ameaçará a vida de quem os ameaçar.

Não faça amizade com pessoas grosseiras ou violentas; você poderá pegar os seus maus costumes e depois não conseguirá livrar-se deles.

Não aceite ser fiador de ninguém porque, se você não puder pagar a dívida, levarão embora até a sua cama."
(PROVÉRBIOS 22 v. 17-26)



©2011 ALL RIGHS RESERVED / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS